terça-feira, 20 de setembro de 2016

Dias de glórias voltaram

Com uma campanha consistente o CSA chega em mais uma decisão a nível nacional ,depois de ter anos na escuridão, tentativas de ressurgir e fracassos o azulão volta a figurar  no cenário nacional.

Após anos lutando para se reerguer o csa enfim consegue rumar em outro patamar, nos últimos 16 anos o clube marujo passou por dificuldades e tentativas fracassadas de se levantar, com apenas 1 título em 2008 e com 2 rebaixamentos para a série b do alagoano, sua torcida vivia um período de tristeza mais ao mesmo tempo de amor incondicional,em agosto de 2015 a frente resgate do azulão liderada por Rafael Tenório e Raimundo Tavares começava um projeto de levantar o csa e o colocar de novo nos holofotes,sua primeira e contratação de impacto foi Oliveira Canindé que com sua postura de trabalho e competência foi montando a equipe para o ano de 2016.

O alagoano começou e o logo os frutos apareciam, com uma campanha de encher os olhos os torcedores comecavam a viver dias melhores e acreditar que 2016 seria emfim diferente ,até chegar a final o azulão foi avassalador e perdendo por detalhes para seu maior rival uma final que com tantos gols perdidos o time sentiu.

Mais os objetivos traçados já foram alcançado de início, copa do Brasil, copa do Nordeste e a vaga para o brasileiro da série d no 2 semestre,dai começava a série d e logo de estréia uma derrota para o desconhecido Parnayba logo acendeu a luz, depois veio uma campanha consistente e confiante:
Parnayba 2 x 1 CSA
CSA 6 x 0 Guarani
CSA 2 x 1 Central
Central 0 x 0 CSA
Guarani 2 x 3 CSA
CSA 1 x Parnayba

Parnayba 1 x 2 CSA
CSA 3 x 0 Paranayba

CSA 3 x 0 Altos
Altos 2 x 0 CSA

Ituano 1 x 2 CSA
CSA 1 x 0 ituano

CSA 2 x 0 São Bento
São Bento 1 x 0

E por fim volta Redonda onde fará 4  final de brasileiro de sua história e tentará trazer o título inédito pra Alagoas e pra sua história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário